• Pullips
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000001_zps3f1d850a.png
    Clique e conheça mais sobre estas encantadoras dolls! Leia Mais...
  • Rainbow Cupcake
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000002copy_zps036529c7.png
    Aprenda aqui como fazer a lendária receita de cupcake arco-íris! Leia Mais...
  • Backstreet Boys
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000005_zpsb518dd09.png
    Leia neste post como esta incrível banda faz parte da minha vida há mais de uma década e a minha saga para conhecê-los! Leia Mais...
  • Britney em imagens raras
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000004_zps8cfbd2dd.png
    Veja aqui imagens raras de Britney Spears em sua trajetória pessoal e profissional. Leia Mais...
  • Salvador
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000006_zpscada8fdb.png
    Veja aqui imagens desta terra encantadora e cheia de luz! Leia Mais...

Mostrando postagens com marcador conselhos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador conselhos. Mostrar todas as postagens

12 março 2013

Tag no blog!


Ooooi, gente!

Voltei! Fiquei meio fora do blog esses dias, mas tô de volta!

E tô de volta porque minha querida amiga bonequeira Maria Emília do blog:
http://mariamemiliababi.blogspot.com.br  me taggeou pra um questionário bem legal!

Vamos a ele!

1- Porque decidiu criar um Blog?

Eu tive um problema de saúde na família bem complicado, no final de 2011 que me deixou sem chão. Eu estava perdida naquele momento, não dormia, nem comia direito, só pensava na vida dia e noite. E foi aí que meu esposo Dudu (sabendo que eu gosto de escrever) me sugeriu fazer um blog como forma de canalizar todos os meus pensamentos.

Hoje, as coisas melhoraram um pouco e o blog continua. Menos "deprê" e reflexivo, mas totalmente vindo de minhas opiniões.

2- De onde surgiu a ideia do nome?

Todos os nomes que eu colocava no domínio já estavam ocupados! Daí eu pensei: Já que eu estou em um momento de pensar na vida e vou falar sobre reflexões acerca dela, nada mais didático que "A vida, segundo Naná".

3- Há quanto tempo tem seu Blog?

Tem pouco mais de um ano. Criei em janeiro de 2012.

4 - Qual sonho você quer realizar?

Ver todos que eu amo sempre bem. Este é meu maior sonho.

5 - Quais são seus livros e filmes preferidos?

Adoro Literatura Brasileira. Meus autores favoritos são o Machadinho, a Nélida Piñon e o meu amado Luis Fernando Verissimo. 

Agora, as belíssimas metáforas contidas em "O Pequeno Príncipe" (tão criticado por gente que nem sabe o que é Literatura) estarão sempre em meu coração...

Filmes?

Pra não estender muito a conversa, elejo os 3 filmes que mais amo:

- Menina de Ouro;
- Como se fosse a primeira vez;
- E é claro Titanic (que eu posso ver 400 vezes, que nas 400 eu choro)! 

6 - De onde tira inspirações para seu Blog?

Da vida, das minhas experiências pessoais e do que eu gosto. O blog se move por conta disso.

7- O que faz no seu tempo livre?

Fotografo minhas Pullips, viajo e durmo.

8 - Quem são seus ídolos?

Minha mãe, os Backstreet Boys e meu amado esposo Dudu!

9 - Do que mais gosta de falar no seu blog?

Geralmente, falo das impressões que tenho da vida. Porém, também gosto de abordar assuntos que me interessem, mas com a minha visão, como é o caso do nosso campeão de acessos "Review sobre o Samsung Galaxy Y".  Fiz, com base em minhas experiências, pois na época não achei nada na internet que não fosse cópia das especificações do site da Samsung.

10- Uma citação que te marcou

Hoje, por e-mail, recebi uma citação muito interessante (que vou até colocar no próximo "Conselhos de Quinta") e que resume bem a "vibe" do blog, que apesar de ser de opinião, não pressupõe a exposição de minha vida íntima:

"Seja cortês com todos, mas íntimo de poucos, e deixe estes poucos serem bem testados antes que você dê a eles a sua confiança. A verdadeira amizade é uma planta de crescimento lento, e deve experimentar e resistir os choques da adversidade, antes de receber o nome de amizade".

George Washington

11- Deixe um recado para os (as) Blogueiros (as) iniciantes:

Escrevam! 

Não tenham vergonha de expor suas opiniões! Produzam!

Criem material novo que agregue conteúdo de qualidade à blogosfera.

Não fiquem dando "crl+c ctrl+v" em conteúdo pronto e nem insistam em assuntos femininos e masculinos já batidos e que TODO MUNDO aborda!

Inovem e insistam!

Ainda que o reconhecimento pelo seu trabalho demore mais a chegar (porque você não falou dos assuntos "modinha"), quando ele começar a vir, será sólido e gratificante!

E se você faz parte deste time de blogueiros inovadores, mande uma mensagem na aba "contato", que terei o maior prazer em prestigiar sempre o seu blog!

Blogs indicados a fazer a Tag:

Não vou indicar ninguém especificamente. sintam-se todos convidados a fazer!

Com carinho,



07 fevereiro 2013

Conselhos de Quinta #05

Olá!

Eu estou sem a menor vontade de escrever nada por aqui. 

Preguiça, falta de inspiração, inferno astral, não sei. Acontece com todo mundo, inclusive comigo. 

Só sei que eu vi este video antigo do PC Siqueira e achei que seria bom dar este conselho de quinta (que não é de quinta categoria, pelo contrário) por aqui.


Bom, é isso.

Com carinho.



06 dezembro 2012

Conselhos de Quinta #02


Olá, pessoal!

Nosso conselho de quinta tardou, mas chegou! E está ácido! heheheh

Confira!

Não achei o autor, se alguém souber, me avise!

Com carinho,


P.S.: Tô meio sumida, but I'll be back!

29 novembro 2012

Conselhos de Quinta #01

Olá, pessoal!

Hoje, declaro inaugurada mais uma seção do blog: Os "Conselhos de Quinta!".



Frases, pensamentos e #ficaadica pra quem quer uma palavrinha amiga pra acabar de vencer a semana!

Serão postados adivinha que dia?!

Nas quintas-feiras!

E aí os trocadilhos com o nome da seção ficam por conta de vocês, ok?!

Vamos ao primeiro conselho de quinta?


Espero que tenham gostado!

Com carinho,




13 novembro 2012

Pequenos milagres diários...

Oi, gente!

E aí, animados pro feriado?! Espero que sim!

Há algumas semanas, venho elaborando uns devaneios meus para postar aqui, pois ando percebendo nos últimos tempos, que a vida pode estar cheia de presentes para nos dar...

Já repararam o quanto corremos no dia-a-dia buscando que algo grandioso aconteça em nossa vida?

Algo quase milagroso e que mude os rumos de nosso destino ou que traga grandes mudanças positivas.

Algo que resolva de vez todos os nossos problemas ou que seja uma salvação de nós mesmos ou do que nos cerca.

Porém, a vida geralmente não funciona assim.

Ela é feita de pequenos milagres diários que, se pudermos perceber, transformam lindamente nossos dias pouco a pouco.


E eles não são ínfimos ou imperceptíveis. São grandiosos justamente pela sua sutileza em surgir no caminho e tornar um pouco mais solares os nossos dias.

Não precisam de grandes comemorações, lágrimas de emoção, muito menos do título de "divisor de águas em minha vida"...

São milagres porque são presentes divinos que recebemos sem pedir e quase sempre não nos damos conta da importância de agradecer.

Podem se manifestar num abraço quando mais se precisa, num telefonema inesperado com boas notícias, num sorriso e até mesmo naquele suspiro final que vem acompanhado de "graças a Deus, o pior já passou".

Uma semana de trabalho e/ou estudos proveitosa, a certeza de que todos ao seu redor estão bem, ou mesmo uma manhã ensolarada de domingo são pequenos presentes que recebemos e não nos damos conta da importância em nosso dia-a-dia.

E quantos destes pequenos milagres já perdemos a oportunidade de disfrutar, por sempre esperar que algo vultuoso aconteça?

Quantas vezes não deu vontade de tomar banho de chuva, ou mesmo abrir a janela e ficar contemplando-a caindo lá fora, mas perdemos a chance por esperar na frente do computador o e-mail que mudaria os rumos de nossa vida profissional?






Quantas vezes deixamos de aproveitar o sol do fim de semana pois estávamos cansados demais, por termos trabalhado mais que o necessário a semana toda em prol de nossos sempre inalcançáveis objetivos financeiros?

Quantas vezes perdemos uma boa noite de sono, pela ânsia de que algo grandioso aconteça no dia seguinte?

Quantas vezes perdemos um abraço, um sorriso ou um carinho por orgulho em pedir "perdão"?

Quantas vezes esperamos o impossível da vida, quando na verdade, os pequenos aprendizados e experiências diárias nos transformam e nos fazem crescer?

A vida não precisa de "marcos históricos" ou... "divisores de águas" para ser bela e plena. Ela precisa sim de ter seus pequenos milagres mais percebidos, mais valorizados, mais aproveitados... Mais bem-vividos!

Achamos, às vezes, nossa vida parada, sem cor e ousamos até dizer que nada de novo acontece. Porém, já parou para pensar em como você estava há um ano atrás?

Você irá perceber que pequeninas coisas fizeram você chegar até aqui. Trouxeram amadurecimento, aprendizado e possibilitaram inclusive os acontecimentos considerados "maiores"...

Afinal, toda chuva só é grandiosa, porque é formada de minúsculas gotinhas de água que tocam o chão e fazem brotar a terra...



Assim, eu espero que possamos esperar menos o impossível, o improvável, o inalcançável e passemos a dar mais valor nos presentes diários que a vida nos oferece pouco a pouco...

Um bom dia a todos!

Com carinho,







Não se esqueça de clicar em "Leu?" nesta barrinha rosa aqui embaixo e participar do nosso ranking de leitores!


06 janeiro 2012

6 coisas que aprendi em momentos difíceis

Olá, pessoal!

Então, conforme o título do blog, ando precisando materializar em palavras meus pensamentos por vezes tortos e minhas reflexões...

Assim, resolvi fazer uma listinha das 6 coisas que aprendi vivendo os mais diversos tipos de momentos difíceis, pois, como diria Nietzsche: "Aquilo que não me destrói me fortalece".



1. As pessoas se revelam (muito) na hora da dor ou da dificuldade. Pode observar: ou se apresentam mais solidárias ou simplesmente deixam aflorar um egoísmo que nem elas mesmas conheciam. 

Muitas também gostam apenas do que é bom e quando o assunto é problemas... Correm léguas! 

Lembre-se: você pode se decepcionar muito com as pessoas (principalmente com amigos) nos momentos difíceis, mas quem sabe pode se surpreender positivamente também!

2. A dificuldade nos impulsiona. É, achava que isso era bobagem de livro de auto-ajuda, mas não é não. 

Quando você se encontra em um momento difícil, a cabeça começa a "trabalhar" em prol de soluções ou pelo menos maneiras para ficar melhor. E é neste momento de reflexão que podem surgir boas tomadas de posição para dias melhores... Se você souber aproveitar e por em prática tudo o que a sua cabecinha visionária pensou, os problemas podem se tornar menores ou, de repente, até sumir!

3. Autonomia e independência são melhores do que se pensa! Tem gente que adoooora colecionar uma lista de contatos enorme ou fazer a linha "um milhão de amigos". 

Bobagem... 

Mantenha junto de você quem realmente interessa  (ou seja: quem de fato se importa com você!).  E isso você descobre quando?! Nos momentos difíceis! 

Ah, mas ter com quem contar não significa "ocupar" as pessoas ou pedir favor. "Dever obrigação é pior que dever dinheiro", já dizia a minha mãe!

Aprenda a resolver sozinho(a) seus problemas, supere suas dificuldades você mesmo(a) e busque nos amigos de verdade apenas apoio (não um "encosto" kkk).

Aprenda que seus problemas são... SEUS e é só com eles que você aprenderá a ter autonomia.

(Deixe o papo de "eu quero ter um milhão de amigos" de lado... A não ser que você queira um milhão de amigos pra cada um deles te dar um real! rs!)



4. Nos momentos difíceis você passa a dar mais valor às coisas... Peeeense numa coisa que eu odeio é lição de moral. Sabe aquele papo: "nossa, olha ele ali sofrendo tanto e você reclamando da vida"... Aff, cada um sabe o que passa em seu coração e acho que ninguém é tão desprendido assim pra ficar mensurando dores e sofrimentos...


Enfim, o que eu quero dizer é que, quando você tem algum problema, a reflexão vem naturalmente. E você passa a sentir falta de coisas que talvez nem desse valor, ou mesmo a repensar posturas que tinha, passando a dar mais valor em si mesmo(a)!


Assim sendo, ninguém precisa de outro cidadão pra dizer em que precisamos ou não dar valor.


Cada um sabe de si.


E se não sabe, a vida ensina direitinho, sem lições de moral nem nada... 


E é por isso que...

5. É na dificuldade que passamos a conhecer mais de nós mesmos. Aprendemos nossos limites, nossas fraquezas e passamos até a tomar mais contato com as nossas crenças, esperanças e fé. 

A dificuldade exige mais de nós e é neste momento que tomamos mais contato com as nossas reflexões e somos obrigados a fazer o seguinte questionamento: "o que eu quero pra minha vida?!". Dificuldades podem ser um "divisor de águas" na vida de qualquer um, afinal, nunca saímos os mesmos, após enfrentá-las!

E é pensando nisso que é na dificuldade que vemos que...

6. Somos mais fortes do que imaginamos. Voltando ao começo do post: "Aquilo que não me destrói me fortalece". E, justamente, nos momentos difíceis da vida que percebemos que nossos medos, tabus, receios, bloqueios, "frescuras" vão embora e nos tornamos mais fortes, melhores.

Assim sendo, nunca encare um momento difícil apenas como dor e sim como aprendizado, como forma de reflexão e tentativa de fazer algo melhor, nem que seja pra você mesmo(a).

(E isso quem está falando não é um escritor de auto-ajuda não. É alguém que está passando por momentinhos delicados e que vem aprendendo muito com todos eles).

Ah! E após superar o momento difícil, lembre-se sempre: continue aprendendo. Faça da sua vida um constante aprendizado!

Com carinho.

Naná.
Real Time Web Analytics