• Pullips
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000001_zps3f1d850a.png
    Clique e conheça mais sobre estas encantadoras dolls! Leia Mais...
  • Rainbow Cupcake
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000002copy_zps036529c7.png
    Aprenda aqui como fazer a lendária receita de cupcake arco-íris! Leia Mais...
  • Backstreet Boys
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000005_zpsb518dd09.png
    Leia neste post como esta incrível banda faz parte da minha vida há mais de uma década e a minha saga para conhecê-los! Leia Mais...
  • Britney em imagens raras
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000004_zps8cfbd2dd.png
    Veja aqui imagens raras de Britney Spears em sua trajetória pessoal e profissional. Leia Mais...
  • Salvador
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000006_zpscada8fdb.png
    Veja aqui imagens desta terra encantadora e cheia de luz! Leia Mais...

Mostrando postagens com marcador perder alguém. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador perder alguém. Mostrar todas as postagens

15 maio 2013

Lidando com dores...

Oi, gente...

Como podem perceber, estou sem sono.

E não é por falta de cansaço.

Trabalhei muito hoje, resolvi diversas pendências, tudo isso somado ao desgaste emocional e a força que ando tendo que tirar sei lá de onde para poder passar por este momento da melhor maneira possível.

Sei lá porque não consigo dormir.

São tantos motivos e, ao mesmo tempo, nenhum que eu possa eleger como causa maior.

São tantos pensamentos vagando pela cabeça e, ao mesmo tempo, uma sensação de que a mente está totalmente vazia.

Venho descobrindo um novo significado pra "dor".

Em 28 anos, achei que "dor" se resumia ao conceito óbvio de algo que dói, machuca, que afeta negativamente.

Ando percebendo que a dor pode ser bem mais do que isso e, inclusive, envolver sentimentos positivos, como as boas lembranças, os sonhos e uma ânsia quase vital de que tudo finalmente fique bem.

A dor pode ser tão paradoxal, que você começa a buscar algo de bom nela, como uma forma de consolo ou de justificativa para a forma que ela nos afeta.

A dor invade e corrói sem pedir licença, sem questionar se estamos preparados e, ao mesmo tempo nos faz conhecer lados nossos antes desconhecidos, nos faz perceber que somos mais fortes do que imaginamos.

Estou assim: um misto de sentimentos e, ao mesmo tempo, um vazio.

Um cansaço e, ao mesmo tempo, uma força interminável.

Uma tristeza e, ao mesmo tempo, uma esperança por dias mais solares.

Nunca pensei que conheceria a dor tão de perto. Nunca nem imaginei que a dor fosse assim, mas sigo em frente.

http://lovsnmua.files.wordpress.com/2013/01/alone-girl-landscape-nature-photography-favim-com-42505.jpg

Por mais que a dor me afete, é mais uma vez um momento de aprendizado.

E, por mais que eu deteste o tempo chuvoso, sem ele não há como florescer as mais belas flores que enfeitam meus dias de sol.

Acredito que a dor para mim será como um tempo chuvoso: algo necessário para que a bonanza e a paz voltem a brotar em meu coração e trazer lindos frutos...

Afinal, assim é a vida: um eterno recomeço, no qual o que ficará para sempre é apenas o amor e as lembranças.

Deixo parte de mim neste texto. Deixo parte de minha dor, assim como já deixei tantas outras partes aqui.

E espero que, com o tempo, esta dor cicatrize e se torne apenas uma lembrança, como todas as outras que ficaram como rastros em meu caminho.

Vou voltar melhor, me aguardem.

E me desculpem pelo desabafo.

Com carinho,

Naná.
Real Time Web Analytics