• Pullips
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000001_zps3f1d850a.png
    Clique e conheça mais sobre estas encantadoras dolls! Leia Mais...
  • Rainbow Cupcake
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000002copy_zps036529c7.png
    Aprenda aqui como fazer a lendária receita de cupcake arco-íris! Leia Mais...
  • Backstreet Boys
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000005_zpsb518dd09.png
    Leia neste post como esta incrível banda faz parte da minha vida há mais de uma década e a minha saga para conhecê-los! Leia Mais...
  • Britney em imagens raras
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000004_zps8cfbd2dd.png
    Veja aqui imagens raras de Britney Spears em sua trajetória pessoal e profissional. Leia Mais...
  • Salvador
    http://i25.photobucket.com/albums/c98/nanadorough/teste000006_zpscada8fdb.png
    Veja aqui imagens desta terra encantadora e cheia de luz! Leia Mais...

Mostrando postagens com marcador blythe. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador blythe. Mostrar todas as postagens

23 julho 2013

A chegada de Yolanda e tudo que você precisa saber sobre a Yeolume!

Ooooi, gente!
Tudo bem?!

Ok, não cumpri meu prometido de voltar, mas é que tive muitas questões burocráticas a resolver e estava trabalhando muito, em virtude do fim do semestre. 

Estamos todos por aqui bem, tentando não pensar muito no que aconteceu e com a mente focada no que ainda temos pra viver.

Justamente pensando em trazer um pouco mais de sorrisos ao dia, resolvi adotar mais uma doll!

Dessa vez não foi nem Pullip, nem Blythe, foi uma Yeolume (pronuncia-se "Yorume") a qual já falei sobre aqui e aqui.

Foi realmente amor à primeira vista. Quando saíram as primeiras imagens da Yeolume, eu fiquei encantada com a delicadeza dela. Fiquei morrendo de medo de ela custar muito caro e eu me frustrar, mas eis que chegou ao nosso país num precinho camarada (para dolls)...

Aí não teve como eu resistir muito tempo... Acabei comprando e dei o nome de Yolanda Maria!

A seguir, vou te mostrar minhas primeiras impressões sobre essa pititica fofa e comparações entre ela, a Pullip e a Blythe para quem quiser comprar!


1. Dimensões das caixas.

Quando chegou a caixa, tomei um susto. Como estava levinha! Será que tem algo aqui dentro?! Heheheh. A sensação foi a mesma de quando a Rô chegou (você pode saber mais clicando aqui).

Daí sempre vem aquela sensação "preconceituosa": Ah, meu Deus, é pequenininha demais, vai ter nem graça...

Mas não é bem assim! O fato de a Yeolume ser menor que a Pullip dá a ela um charme todo especial, de criancinha mesmo... A Yeolume é mesmo a "filhinha da Pullip" e isso fica visível em cada detalhe dela. Vocês vão ver ao longo deste post.

Para vocês terem noção do tamanho das caixas, vejam a imagem a seguir que compara três embalagens: (da esquerda pra direita) Da Pullip Merl, da Yeolume e da Blythe Simply Guava.

Note que, mesmo a Yeolume sendo um pouquinho menor que a Blythe (vocês verão na comparação entre as dolls), a caixa da Blythe ainda é um pouquinho menor).

 Ainda falando na caixa, vamos ver mais detalhes dela?

2. A caixa.

Bom, pra variar, ela veio tooooda lacradinha, cheia de proteções plásticas e presilhas que você gasta meia hora retirando. Ao contrário de algumas Pullips (que vêm com o corpo todo protegido por plástico - e com a roupinha por cima, evitando assim que a roupa manche o corpo enquanto estiver na caixa), apenas as perninhas vieram envolvidas com plástico protetor (além dos cabelos). Veja os detalhes do interior da caixa:

Yolanda doida pra ganhar a liberdade! Heheheheh


Disposição dos itens dentro da caixa.




Agora, veja a caixa por fora:


Note que o sapatinho dela e as meias são diferentes nesta foto. O que me leva a crer que eles erraram e colocaram a foto do protótipo! kkkk

3. Dimensões.

Ela, apesar de menor, não é tão pequena, se comparada à Pullip e à Blythe. Observe esta foto que tirei do bonde das poderosas! heheh!


Note que, apesar de ter quase o mesmo tamanho da Blythe, a Yeolume tem tronco e membros bem mais fininhos... Pra ficar mais claro, veja esta foto que tirei deste site aqui (crédito total ao site), porque, mais uma vez não tive coragem de tirar foto das meninas sem roupa:
Fonte: Pullips And Junk

Da direita pra esquerda temos: Taeyang, Pullip, Isul, Blythe, Byul, Dal e a Yeolume. Note também a ausência de articulações na Yeolume e uma certa semelhança com o corpo da Blythe. Semelhança esta que vou desmistificar já já!

Segundo meu esposo Dudu, a Yeolume é mais "harmônica". Diz ele que, apesar de cabeçuda, parece que as proporções dela estão mais em harmonia. Eu também achei. (Me julguem).

Quanto à questão do uso das roupas, aguarde que vou explicar direitinho daqui a pouco...

4. Particularidades...

Bom, a Yeolume tem algumas particularidades. A primeira delas é que ela não vem com stand. (Pra quem não sabe o que é stand, é o suporte que as mantém em pé).
Pra mim, isso não faz lá muita diferença, porque as minhas ficam aqui na sala em suas poltroninhas. Porém, para quem as guarda em pé, nos stands, é sempre bom ter um extra.

Pode ser usado tanto o stand para Blythe, quanto para Pullip. Testei ela nos dois e veja como ficou:

No stand para Blythe:


No stand para Pullip:


O card de colecionador também é diferente. Ao contrário do card da Pullip que vem com a foto dela, o da Yeolume vem com a ilustração do seu rostinho, o que não me agradou tanto... Motivo? Chatice minha mesmo... Heheheh

Veja o card (frente):


Verso:


Outra coisa que me chamou a atenção foi quando fui trocar a roupinha dela.

Achava sempre muito estranho quando ia procurar foto da Yeolume na internet e, na maioria, ela estava sempre com o outfit original. Não entendia o porquê daquele "apego", sendo que há dolls com outfits muito mais elaborados e que as pessoas trocam sem dó.

Tendo uma em mãos, descobri o motivo...


Isso mesmo! O casaco para se manter fechado conta com um pontinho de costura... Talvez por isso, muita gente prefira deixá-la assim por muito tempo, até para mantê-la da forma original. Eu ainda não abri o ponto e, por isso, ainda não testei roupinha nenhuma nela.

Falando em testar roupinha, vamos tratar deste assunto.

A pessoa tem que ter muita disposição financeira pra comprar roupas próprias para cada doll. Tem gente que tem. Mas, como eu não tenho grana pra isso, geralmente apelo para o truque da presilha nas costas.

A roupa ficou larguinha em sua doll? Simples: Pegue aqueles tic-tacs de cabelo e ajuste a folguinha da roupa nas costas.

As roupinhas das Barbies Fashionistas (vendidas em lojas de brinquedos) não ficam muito boas em Pullips de corpo original (stock), nem em Blythes. Imagine na pititinha Yeolume?! Então, para os três modelos de dolls... Mesmo truque da presilha, ok?!

(Depois, quando eu tiver coragem, posto aqui a Yeolume com outras roupas, ok?!).

Falando em corpinho, vamos agora a um comparativo entre Pullip, Blythe e Yeolume, no que diz respeito à...

5. Articulação das pernas.

A Pullip tem suas articulações aparentes (nos joelhos e tornozelos), o que incomoda alguns colecionadores (pela aparência), mas que dá mais mobilidade a ela:


Já a Blythe tem um mecanismo de articulação interno (apenas nos joelhos), que lembra muito as Barbies dos anos 80 e 90, as quais você "estala" o joelho delas para que ele se dobre em 2 ou 3 níveis.


Entretanto, apesar de parecer com o mecanismo da Blythe, a Yeolume não é assim. A perna dela é totalmente flexível, bastando você "moldar" a dobra do joelho. Veja:


São detalhes, mas que fazem a diferença para quem se interessa pelo assunto!

6. Mecanismo dos olhos.

Não vou ficar aqui explicando como é o mecanismo de olhos da Blythe e da Pullip pois já fiz isto em outro post (que já indiquei no decorrer deste). Em termos gerais, ao contrário a Pullip e da Blythe que fecham os olhos (cada uma a sua maneira e mecanismo) a Yeolume não possui dispositivo de abertura e fechamento dos olhos.

Entretanto, ela tem a alavanca de virar os olhinhos para a direita e para a esquerda.


Um item que me deu uma pequena síncope foi que a wig dela veio colada sabe onde??? No mecanismo dos olhos! Foi um custo pra passar a faca e cortar a cola, mas no final deu tudo certo.

Nem cortou o cabelo. Note na foto que tivemos que desfazer a fusão feita pela cola e que simplesmente sobrepôs a wig ao mecanismo.

Pelo susto, até que correu tudo bem. Só a alavanca ficou com a pontinha um pouco áspera, mas eu consigo conviver com isso! kkkkk

7. Detalhes adicionais.

A Yeolume é um charme... Seu rostinho não é tão fosco como o das Pullips, nem tão brilhante como o da Blythe. Nas fotos que tirei não consegui captar, pois fica praticamente igual ao da Pullip.

Ela vem com uma linda eco bag e seu cabelinho, apesar dos cachos enormes nas pontas, é bem macio e fininho, muito fácil de manusear!

Ah, a tiarinha dela é totalmente flexível. Ou seja, dá pra usar em outros cabeções, como o da Pullip e da Blythe!


No mais, eu recomendo a Yeolume.

Além de ser muito fofinha, tem um preço acessível para quem quiser começar a colecionar e é uma doll bem diferente. Diria que... Surpreendente!

Bem, vou encerrando o post com uma doce imagem da Dulce colocando a Yolanda no colo:


Com carinho,

29 maio 2013

Notícias do mundo de cá + Novo Pull Ring da Rosa Maria.

Oi, gente!

(Acho que) tô de volta! Estou à frente da resolução de questões de ordem burocrática e também trabalhando bastante...

Mas, vamos seguir em frente e dar uma animada nesse blog? Afinal, sorrir também faz parte da vida!

Nossa, tanta coisa se passou nestes últimos dias que fiquei fora!

Façamos um rápido resumo das "3 mais"?!

1. Lee Hi, minha Norah Jones coreana, lançou dois clipes novos:

It's over. (Lindinho demais, se tornou minha música preferida dela e que recomendo assistir em HD, que é um show de imagens!).


Rose (cujo clipe é completamente diferente de "It's over" e a música parece tema de anime):



2. Ainda na Coréia, Psy lançou "Gentleman" (que é a mesma coisa de "Gangnan Style", só que ao invés da Hyuna, tem a Gain (do grupo "Brown Eyed Girls).



Vale mencionar que a dancinha de "Gentleman" é do clipe do grupo ao qual a Gain pertence. Psy comprou os direitos da dancinha de "Abracadabra":



3. Os Backstreet Boys ganharam uma estrela na Calçada da Fama!

http://blog.zap2it.com/pop2it/backstreet-boys-hollywood-walk-of-fame-star-gi.jpg

Chuuuuuupa, sociedade! 20 anos + estrela na Calçada da Fama + CD e turnê nova?


Sem comentários. Fiquem com essa: Permanent Stain, a nova deles!


Quanto às dolls...

Eu, que jamais havia feito sequer meia customização nas minhas dolls... Abri a cabeça da Rosa Maria...

Bom, na verdade eu só ajudei, foi o Dudu que abriu.

Não tenho "ibagens" do momento, porque foi tenso e traumatizante! Heheheh! Tinha tanta cola unindo o scalp à cabeça, que as peças se fundiram e só conseguimos separá-las com uma faca! 0.o

Pensei até em fazer um tutorial em video de como abrir a cabeça, mas depois da experiência tensa, não sei se teremos coragem de fazer isso de novo. Por isso, deixo o video de um bonequeiro que abriu a cabeça da Blythe dele. Não é tão fácil como tá no video (pois ele provavelmente já havia aberto outras vezes), mas a ideia é essa.

Aviso: As cenas são fortes! heheheheh



Obs.: Quer abrir a cabeça da sua Blythe por qualquer motivo que seja? Veja bastantes videos sobre como fazer, conheça as peças, mecanismos e instrumentos, pra vepois se aventurar. Um errinho que seja... E você vai ter que recorrer a uma customizadora (ou comprar peças novas) pra resolver o problema.

Ok, mas por que eu abri a cabeça da coitadinha?

Tudo começou quando o Pull String (a cordinha que faz os olhinhos trocarem de cor) arrebentou... Acho que por ela ser de 2010, a cordinha já tava meio podre e acabou corroendo...

Há tutoriais no You Tube ensinando trocar o Pull String sem abrir a cabeça. Até tentamos umas 20 vezes, mas o nozinho que precisa ficar preso no mecanismo escapava e a troca de olhos parava de funcionar.

Bom, já que a cabeça estava aberta mesmo, já trocamos o Pull String e fizemos o Sleep Eyes (Que nada mais é que o ajuste do mecanismo para que a Blythe permaneça de olhinhos fechados, sem ter que segurar o Pull Ring) - coisa muito complexa... Isolar a molinha que abre e fecha os olhos.

Apesar da "dor", olha como enfeitada está a minha caçulinha!

Pintei o Pull Ring com esmalte rosa e enchi de enfeites! Inclusive uma Tinker Bell com strass! o.0

Meu bebê todo enfeitado!
Meu bebê de mustache! Heheheheheh
Bom, eu não tive mais coragem de trocar a cor dos olhos, com medo do mecanismo travar (e também porque eu não curto as outras cores de olhos).

Pretendo customizá-la (já que abri a cabeça, talvez eu compre o tal spray fosco o o pastel para refazer a maquiagem), mas isso é assunto pra outra hora, não estou com cabeça pra isso no momento.

Agradeço desde já aos views, que mesmo na minha ausência, continuam altos. É por vocês que estou elaborando tudo isso em minha cabeça para voltar melhor!

Com carinho,


15 abril 2013

Pullip X Blyhte (Diferenças e muito amor!)

Oiiiii, gente!

Voltei!



Tava com saudades de vocês, sabia?!

Passei um tempo pensando na vida, tive dodói e esse momento serviu pra que eu repensasse muita coisa da minha vida, me fez bem!

Fiquei fora do blog para não transformá-lo em um divã (mais do que ele às vezes já é) e voltar com coisas boas e que agreguem a vocês!

Bom, pelo título, a novidade é boa!

Temos uma nova dollzinha no pedaço!

É ela: Rosa Maria! Ou "Rô" para os íntimos!


Sim! Temos uma Blythe na família! (E o nome que eu dei a ela é bem óbvio! kkk)

É uma Blythe Simply Guava, de abril de 2010. Veja a frente e o verso da caixa dela!





E como é a minha primeira Blythe (e eu nunca tinha visto uma ao vivo), reolvi fazer um post informativo, explicando diferenças entre Blythes e Pullips e a minha sensação ao ver algo tão "cabeçudamente fofo" na minha frente!
Dulce Maria (Pullip Merl) à esquerda e Rosa Maria (Blythe Simply Guava) à direita.

Pode parecer meio óbvia a distinção entre as duas bonecas, mas não é.

Pesquisando sobre Blythes, vi diversos sites/blogs que falavam sobre Blythes e postavam fotos de Pullips e vice-versa.

Pra quem tem os olhinhos bonequeiros treinados, pode parecer fácil diferenciar. Mas, apesar de serem menininhas completamente diferentes, vou passar aqui um guia básico de diferenciação entre Pullips e Blythes!

Não é minha intenção aqui escrever termos técnicos para quem já entende de bonecas e sim construir um guia básico de quem quer começar a entender sobre estas bonecas e não sabe muito bem por onde começar.

Vale lembrar que todas as minhas dolls são "stock", ou seja, estão sem nenhuma customização, originais de fábrica.

Tamanho

Quando eu vi a caixa da Blythe, me assustei! É muito pititica! É uma doll relativamente leve, se comparada com a Pullip!
Caixona, né?!
Puti! Olha a surpresa!
Façamos agora algumas comparações.

Primeira: Comparação entre uma caixa de Pullip e uma de Blythe.



Pela caixa já dá para perceber que a Blythe é mesmo uma menininha. À direita, a caixa da minha Dulce (Pullip Merl), com dimensões beeem diferentes das da Blythe!

Daí você pode falar: "Ah, mas eu não tenho Pullip, como que eu vou ter noção de tamanho da caixa?"

Então, lá vai uma fotinha minha com a caixa da Rosa Maria:



Como podem perceber, estou de cara emburrada e triste na foto! kkkkkkk

Well, retomando.

Diferenças nas dimensões

Podemos fazer um outro comparativo pra vocês entenderem melhor. Vejamos as diferenças de dimensões entre: Pullip, Blythe e uma Barbie Ginasta de 1996 (sim, porque as Barbies de hoje são mais magrinhas, mas eu não tenho nenhuma).



A altura da Pullip e da Blythe é praticamente a mesma (considerando que a Aurora tá de salto e que a Rosa não tá com o pé perfeitamente encaixado no tênis), ou seja, por volta de 27 cm. A Blythe é um pouquinho mais baixinha e, com a Barbie do lado, dá pra ter uma noção do tamanho destas dolls.

Porém, o que realmente chama a atenção é o tamanho da cabeça. A Barbie tem uma cabeça proporcional o corpo. Já a Pullip tem um cabeção, mas nada comparado ao da Blythe.

O cabeção da Blythe, apesar de gigante não faz dela uma doll bizarra ou desproporcional. Pelo contrário, é o que dá o charme a ela!

Detalhes estruturais

Se você não está convencido de que Pullip e Blythe são dolls diferentes, vamos aos detalhes da estrutura de ambas.

Brilho no rosto.

As Pullips têm o rosto fosco, com aspecto de porcelana... Repare, na imagem a seguir (uma das primeiras da Aurora, quando ela chegou em 2010), que mesmo com flash o rostinho se mantém fosco!



Já a Blythe tem o rosto brilhoso (há algumas que estão vindo foscas, mas isto não vem ao caso no momento). Pode ser lixado e customizado (mas isso é assunto pra outro post), porém é notória esta diferença com a Pullip. Observe, nesta foto, a diferença entre o brilho do rosto da Blythe e o fosco do rosto da Pullip:



Repare que nem coloquei flash e o rostinho da Blythe brilhou muito!

Até agora este brilho não me incomodou. Já tirei algumas fotos e não me preocupei com esta característica dela. Não tem gente que é magra? Gorda? Alta? Baixa? As Blythes tem a "pele" brilhosa. Nada mais.

Corpo.

As Pullips são totalmente articuladas e sua estrutura é feita de um plástico duro, enquanto que as Blythes não tem articulações e seus corpinhos são de borracha (semelhante às das Barbies dos anos 80 e 90).

Não tive coragem de tirar foto das minhas mocinhas nuas pra mostrar a diferença dos corpinhos, por isso recorri a este site aqui (crédito total da imagem a seguir a eles) para vocês perceberem como é o corpo da Pullip e da Blythe.

http://3.bp.blogspot.com/-HIYobN2zy3s/UFY_fG_CWoI/AAAAAAAARLA/NEKjuGyogZY/s640/IMG_4213.jpg

Minha experiência pessoal:
As roupinhas de Barbie ficam meio frouxas nas Pullips. Já na Blythe ficaram melhor. Inclusive a roupinha da Moxie (que vocês viram nas imagens anteriores: jaqueta e saia rosa) quase não coube na Blythe!

A questão da articulação é boa porque dá mais mobilidade para poses, na hora de fotografar, mas é um saco para colocar roupas, porque ela fica meio "desconsertada" (principalmente se a Pullip for mais antiga e já estiver com o corpinho original "stock" mais "frouxo").

Note a possibilidade de movimentos da Pullip, neste ensaio que eu fiz da Dulce na Páscoa:


Já a Blythe não tem tanta possibilidade de movimento, mas em compensação é mais fácil de segurar (porque não se "dobra" toda) e de trocar a roupinha. Observe, com a mesma poltroninha, a Rosa Maria:



Repare também a diferença de tamanho entre uma Blythe Littlest PetShop (vendida em qualquer loja de brinquedos no Brasil) e a Neo Blythe.

Olhos.

Os olhos são, na minha opinião, a maior diferença entre as Pullips e as Blythes.

O mecanismo de olhos da Pullip permite que ela vire os olhos pra direita e pra esquerda, além de ter uma alavanca que possibilita que eles permaneçam fechados. Veja a cabeça da Dulce e compreenda:


Já a Blythe possui o "Pull Ring" que é uma cordinha conectada à cabeça da doll, a qual você puxa e a cor dos olhos (e posição) é trocada automaticamente. Veja, a seguir o Pull Ring e as quatro cores de olhos da minha Blythe:



Detalhe: Tanto nas Pullips quanto nas Blythes, as cores dos olhos podem variar, de acordo com o modelo.

Ainda sobre os olhos, repare na imagem a seguir que, mesmo com a trava ativada, os olhos da Lola não fecham muito bem... (Existe um truque para fechá-los melhor, mas não vem ao caso agora, neste post introdutório).



Já os da Blythe... Apesar de fecharem muito bem (conforme imagem a seguir) não conseguem ficar nesta posição, sem que o Pull Ring seja ativado...



Também há um truque para mantê-los fechados sem estar com Pull Ring puxando. É o "sleep eyes", mas isso também é assunto para outro post...

Impressões Pessoais...

Achei a Blythe um pouquinho mal acabada, com relação às Pullips (não sei se é porque eu comprei a mais baratinha, mas um dos "eye chips" - os olhos -tinha rebarbas de cola e o cabelinho estava com algumas pontas maiores do que o restante do cabelo).

O rostinho da Blythe é mais virado para baixo do que o da Pullip, o que te faz passar a ter um olhar fotográfico diferenciado para pegar o melhor ângulo.

Apesar de nós bonequeiras termos a liberdade de escolher qual roupinha e personalidade nossas dolls vão ter, acho que certos modelitos não combinam com a Rosa Maria...

Tentei colocar algo mais "sexy" que serve tranquilamente na Aurora e na Lola, mas não "ornou" com a Rô, que ficou mais fofa com modelos mais coloridinhos e de mocinha! Talvez outras Blythes até se enquadrem em modelos mais adultos, mas isso não deu certo com a Rosa Maria.

Pullip X Blythe

Uns amam incondicionalmente as Pullips, outros não trocam as Blythes por nenhuma outra doll. Hoje, tendo contato tanto com Pullips quanto com a minha mais nova filhota Blythe posso garantir que ambas são especiais!

Cada uma com suas peculiaridades e características tem um rostinho encantador que faz qualquer pessoa (bonequeira ou não) se derreter por elas...



Estas são minhas meninas! Lola, Rosa, Dulce, Aurora e as pititicas Sebastiana e Natalina!

Bom, espero que tenham gostado e compreendido um pouquinho mais sobre as Pullips e as Blythes!

Com carinho,

27 janeiro 2013

Notícias do mundo de cá. (Parte 2).

Oi, pessoal!

Tudo bem?!

Tirando o fato de estar chovendo e eu odiar dias chuvosos (acho que os dias e os corações ficam tristes quando o sol não vem), eu estou bem.

Dormi horas e horas à tarde, depois de trabalhar um pouco por aqui mesmo. Nem o futebol não vi de tanto sono.

Continuo querendo uma Pullip nova, mas diz o Dudu que devo esperar a Tokidoki ou a Yeolume chegarem.



Linda a Tokidoki, né?!

Tá que eu não vou pregar esses adesivos de tatuagem nela, e nem acho bonito Pullips de olhos pretos, mas me apaixonei demais pelas roupinhas dela...

Na verdade, não sei nem qual que eu quero. A Groove tá fudendo com a minha vida lançando Pullips tão lindas (e tão salgadinhas).

Há outras duas em minha lista:

A Pere Noel:
Os olhos dela tem glitter. Eu estou tão encantada com isso que até sonhei com ela! kkkk


E a bitch linda Ririko.

Ela é baseada na protagonista de um filme japonês chamado "Helter Skelter" (bem barra pesada, por sinal).

E este vestido, Jesus?!

É Deus, mamãe!

Falando em desejos bonequísticos, mas como ainda não tive meu quarto "momento-caixa-de-aniversário", comprei umas pititicas pra mim!

Gente que fica feliz comprando bonecas! *_*

Digam "oi" para Sebastiana Maria (Blythe Littlest Pet Shop) e para Neide Maria (Lalaloopsy mini):


O cabelinho parecia uma vassoura. Só parece, porque é lindo, macio e brilhante!
Verso da caixa. Eu achei ela com cara de mina do gueto, troquei as roupinhas. Coloquei esta na  Natalina, achei mais ela! Heheheh!
Olha que coisa mais foda o cenário! A embalagem dela vira um cenário pra tirar fotos! Ok que o Photoshop comeu solto, mas, mesmo assim eu amei o cirquinho!
Verso da caixinha. Pode ser cenário também!
Estas fofuritas foram verdadeiras pechinchas! A Sebastiana foi R$29,90 e a Neidinha apenas R$19,90! Comprei duas pelo preço (nem) de uma! Adorei!

Falando em novidades, tão sabendo que o Justin Timberlake vai voltar?


O que eu acho disso? Clique aqui!

Eu amei a volta dele!

(Aí você me pergunta: "Hã? Fã de Backstreet Boys que gosta do Justin Timberlake?")

E eu respondo: Onde que tá escrito que não pode?!

Tecnicamente, eu não gosto do Justin Timberlake. Sério.

O JC sempre foi meu favorito. Além disso, o Justin fudeu com a vida da Britney e eu não o perdôo por isso! (Mimimi...).

Porém, ver a galera dos anos 90/2000 voltando dá uma alegria tão boa...

Não suporto mais ir às lojas e escutar aquela praga da Katy Perry ou aquela enviada do coisa ruim da Lady Praga!

Isso não é POP. 

POP é Britney, Madonna, Beyoncé, Backstreet Boys, Justin (o Timberlake, se bem que o Bieber faz o dever de casa direitinho...).

Michael nem falo nada, porque rei é rei!

Bom, mas voltando ao Justin (Timberlake), eu tô apaixonada pela música dele... 

Não sei se é porque ela me lembra a boa e velha Motown (afinal o Justin adora pagar de negão desde sempre!).

Não sei se é porque toda vez que eu escuto e parece que o Chris, o Drew, a Tonia, a Rochelle, o Julius e a Tasha vão entrar pela porta e sair fazendo dancinha...

Não sei, curto essa vibe musical de negão vintage e o belo trabalho de arranjo dos anos 70 e 80, com a Soul Music e o R&B... 

Tenho a trilha completa do "Todo mundo odeia o Chris" e adoro ouvir de madrugada no celular. Na verdade, minha playlist é deveras exótica. Um dia apresento a vocês.

Mas, vamos ao "lyric video"?



Adorei. Já ouvi umas 485 vezes só hoje! O lyric já ficou assim, imagina o oficial?!

Falando em coisas antigas que voltam, achei esses dias pra trás uma carta que fiz pra mim mesma em 2008... (Sim, eu tenho estes hábitos "Ana Maria Braga" de escrever carta pra abrir no futuro...)

E o mais foda de tudo é que escrevi a carta dia 18/01/2008 e a achei dia 18/01/2013!

OMG!

Eu disse lá que a carta era pra ser aberta quando eu tivesse 30 anos. Foda-se, abri, li e chorei copiosamente umas duas horas!

Encontrei naquela carta uma aluna especial do mestrado (cheia de esperanças de conseguir ingressar como aluna regular), desempregada e que ainda namorava o recém-graduado em Psicologia Dudu.

Lá a Britney ainda tava na pior, o Kevin tava fora dos Backstreet Boys, o RBD ainda existia (sim, eu perguntei pra Naná do futuro se eles estavam bem e se a Britney tinha voltado a brilhar! kkkk).

Nossa, eu não imaginava nem metade das coisas que aconteceram até então.

Boas e ruins...

Aí foi mais uma tarde inteira de choradeira pra escrever mais uma carta-resposta pro futuro. Muitas coisas  que estavam lá não aconteceram, mas senti orgulho de olhar pra trás e saber que a Naná de 2008 era forte, batalhadora, esforçada, estudiosa e cheia de sonhos.

E eu tenho certeza de que a Naná de 2008 se orgulha dos rumos que ela tomou e das escolhas que fez.

Bom, ia estender mais a conversa, mas deixemos para posts sobre a vida, combinado?!

Beijos!

Com carinho,



Real Time Web Analytics